Bioenergia Magnética (BEM)

Deeksha

O Biomagnetismo ou Bioenergia Magnética é uma nova disciplina terapêutica que detecta, classifica e neutraliza as alterações do pH (potencial de Hidrogênio) dos organismos vivos. Ao se nivelar o pH, por meio dos pares de ímãs, regulam-se e se corrigem as patologias infecciosas causadas por vírus, bactérias, parasitas e fungos que somente sobrevivem em meios ácidos ou alcalinos.

Este novo critério terapêutico consegue identificar a origem das enfermidades virais e bacterianas, assim como as disfunções glandulares e de órgãos, por meio das variações do pH que os microrganismos patogênicos provocam no ambiente em que se instalam. É possível restaurar a saúde, através dos campos magnéticos de média intensidade produzida por imãs, de 1000 a 20000 unidades de imantação (gauss).

As manifestações patogênicas se formam a partir dos polos bem definidos (-) negativo, e (+) positivo. O primeiro par biomagnético identificado, em outubro de 1988, foi o do vírus da síndrome da deficiência imunológica (HIV), que se gera no par designado como timo-reto.

Fundado pelo Dr. Isaac Goiz Duran em 1.988, o Biomagnetismo Médico é um sistema terapêutico em que são aplicados ímãs em pontos específicos do corpo para combater bactérias; fungos, vírus e parasitas, que são a causa de diversas doenças e patologias.Trata-se de um eficaz e potente método preventivo, atuando no nível do corpo físico e energético, tratando a patologia mesmo quando esta é ainda assintomática.

O sistema ou tratamento consiste no reconhecimento de pontos de energia que uma vez identificados, procura o equilíbrio bioenergético da célula, através do magnetismo exercido pelos ímãs, sendo deste modo, uma terapia fácil e cômoda, que pode tratar todo o tipo de doenças e disfunções de forma não invasiva.

A doença localiza-se no órgão ou tecido em desequilíbrio entre cargas positivas e negativas. Se corregida a alteração iônica, desaparece o problema, já que se retorna ao ponto de equilíbrio (NEN). Disto se encarrega o Biomagnetismo, já que graças a sua força da energia de polaridade negativa é capaz de impactar uma carga patológica similar, a qual se anula quando se encontra com a carga positiva.

O Biomagnetismo é compatível com qualquer forma de terapia (homeopatia, Alopatia, Naturopatia, Florais de Bach, Reiki, etc.) que também podem-se utilizar simultaneamente com tratamentos alopáticos tradicionais, sempre e quando se justifique o seu uso e não se disponha de outra alternativa