Curso de Mandalas

Curso de Mandalas

andala é uma palavra sânscrita que significa círculo. Os monges no Tibete utilizam desenhos de mandalas em suas meditações como caminho para alcançar a iluminação e a divindade.
O Psiquiatra Carl Jung em 1918 desenvolveu pesquisas e estudos sobre as mandlas, e a alquimia em geral, que foram incorporadas aos seus conceitos de psicologia e psicoterapia, por contemplar o processo espontâneo em que o inconsciente se manifesta, trazendo o verdadeiro conteúdo individual de cada ser.
Visualizar ou Desenhar uma mandala é um poderoso exercício artístico e de auto conhecimento que possibilita obter consciência dos nossos aspectos íntimos que não percebemos claramente.

O autoconhecimento através das mandalas:
Desenvolvimento do trabalho
Exercício de relaxamento e visualização criativa
Oportunidade de diálogo e troca de experiências e vivências entre os participantes do grupo
Criação de mandlas pessoais
Interpretação de mandalas através de números, cores e formas. 

Destinação do Trabalho
A todas as pessoas que buscam o auto conhecimento, uma melhor qualidade de vida, diminuição do estresse e um envolvimento com a arte.