Palestra:

"2.017 - O Ano do Galo de Fogo"

Oficina de Filtro dos Sonhos

O Ano Novo Chinês é uma referência à data de comemoração do ano novo adotada por diversas nações do oriente que seguem um calendário tradicional distinto do ocidental, o Calendário Chinês.

As diferenças entre os dois calendários fazem com que a data de início de cada Ano Novo Chinês caia a cada ano em uma data diferente no Calendário Ocidental.

O Calendário Chinês é lunissolar, ou seja, leva em consideração tanto as fases da lua como a posição do sol. O Ano Novo Chinês começa na noite da lua nova mais próxima ao dia em que o sol passa pelo décimo quinto grau de Aquário. Em 2.017 isto acontece no dia 3 de fevereiro.

Os chineses relacionam cada novo ano a um dos doze animais que teriam atendido ao chamado de Buda para uma reunião, conta a lenda. Os doze animais que se apresentaram são os que compõem o Zodíaco Chinês: Rato, Búfalo, Tigre, Coelho, Dragão, Serpente, Cavalo, Carneiro, Macaco, Galo, Cachorro e o Javali.

Desta forma, se 2.008 foi o ano do Rato, 2.009 foi o do Búfalo, 2.010 o do Tigre, 2.011 o do Coelho, 2.012 o do Dragão, 2.013 o da Serpente, 2.014 o do Cavalo, 2.015 o do Carneiro, 2.016 o do Macaco, 2.017 será o ano do Galo. E assim por diante.

A Astrologia Chinesa está portanto relacionada ao Calendário Chinês e seu ciclo animal de doze anos, conhecido como Zodíaco Chinês. Este sistema de previsão do futuro e também de descrição de tendências de traços de personalidade baseia-se no Tai Qi, na Teoria dos Cinco Elementos da Medicina Tradicional Chinesa e no movimento cíclico do tempo em diversos níveis.

Além de discutir os entremeios do Calendário Chinês e as previsões de 2.017 sob a perspectiva do BaZi (a Astrologia Chinesa) e do Ming Li (a Numerologia Chinesa), esta palestra aborda as questões das 3 Energias, dos 5 Movimentos, as Energias da Terra, as Energias do Céu, o Ciclo Sexagenário do Bazi (os 4 Pilares do Destino), as energias de Longo Prazo (Xuan Kong Da Gua) e o Hexagrama de 2.017.