Curso de Radiestesia Clínica

Radiestesia Clínica

A Radiestesia

O termo Radiestesia origina-se do latim (Radius significa radiações) e do grego (Aesthesis significa sensibilidade) e foi utilizado pela primeira vez pelo abade Bouly, em 1929. Portanto, radiestesia é a sensibilidade à radiação, ou seja, a arte e a ciência de captar energias. Ciência porque utiliza mecanismos da mente racional, e Arte porque através do inconsciente (instinto e intuição) é que virão as respostas ao nosso consciente por meio de instrumentos muito simples, como o pêndulo.
O pêndulo é capaz de fornecer respostas através do elo estabelecido entre as energias envolvidas em qualquer tipo de consulta. Essas vibrações são conduzidas ao cérebro, ficando por sua vez, registradas em nosso inconsciente. Quando sintonizamos as ondas externas, nosso cérebro as capta e envia informações para o nosso inconsciente que por sua vez emite ondas internas, através da sensibilidade neuromuscular, provocando reações externas, em forma de movimentos, nos instrumentos usados na Radiestesia (aurameter, pêndulos e varinhas, por exemplo).
Os instrumentos radiestésicos funcionam como amplificadores e passam a ser ferramentas práticas de autoconhecimento que, a partir de determinados procedimentos, fornecem-nos respostas claras e objetivas para questões de qualquer nível energético: de pessoas, objetos e lugares, pois tudo no Universo tem uma energia específica. Assim, é possível avaliar com um pêndulo a saúde de uma pessoa, localizar água num terreno para a construção de um poço ou encontrar algum objeto desaparecido, enfim.

O Curso de Radiestesia Clínica

Este curso foi desenvolvido com o objetivo de capacitar o aluno a utilizar os instrumentos básicos de Radiestesia em sua vida pessoal e especificamente na área da saúde. Desenvolvido em dois encontros - um fim de semana e meio cada um, distantes algumas semanas entre si -, este curso promete ensinar tudo o que um aluno precisa saber para praticar Radiestesia com precisão.
 

Módulo I

História e evolução da Radiestesia na área da saúde
Revisão de conceitos e práticas de Radiestesia Básica
Os três estados primários de desequilibrio
Causas invisíveis de agressão ao corpo físico
Análise de causa e efeito
Etiopatogenia Energética
Patogenicidade das radiações
Prática com o pêndulo
A régua biométrica de Bovis
Conduta terapêutica no uso da Radiestesia
Código de Ética

Módulo II

Sistemas integrais de saúde
Campos Morfogenéticos
Corpos sutis: etérico, emocional, mental e espiritual
Chacras e Meridianos (noções básicas)
Fitoterapia por Radiestesia
Caminho para medição: Global, específica e auxiliar
Remédios vibracionais
Uso prático da régua biométrica
Protocolo de atendimento
Radiônica

A quem se destina

Este Curso de Radiestesia Clínica não tem pré-requisitos e, sendo um curso livre, pode ser frequentado por qualquer pessoa com algum dos interesses abaixo:

Pessoas que queiram aprender os fundamentos da Radiestesia para aplicarem em sua vida pessoal e campos de atuação;    Profissionais em terapias holísticas que buscam conhecer a Radiestesia como forma de complementar seus trabalhos;

Operadores que, mesmo tendo efetuado outros cursos de Radiestesia, não se sentem seguros para aplicá-la na prática;

Profissionais de saúde que buscam maneiras de tornar mais eficiente análises e tratamentos;

Pessoas que buscam otimização na integração de terapias e tratamentos nas doenças crônicas e degenerativas;

Pessoas que buscam auxílio na checagem de resultados com diversos outros métodos.

Instituto Cultural Potala