Massagem com Pedras Quentes

Florais de Bach

A Massagem com Pedras Quentes é uma variação da massagem terapêutica clássica. Pedras achatadas e lisas são aquecidas a uma temperatura agradável ao corpo e colocadas sobre pontos específicos do corpo.

O uso de pedras quentes para o tratamento terapêutico data dos tempos antigos. No livro escrito há mais de três mil anos pelo Imperador Amarelo foram encontrados registros da utilização das pedras quentes para curar diversas doenças. Também há cerca de dois mil anos era muito utilizada pelos monges tibetanos, principalmente no período de jejum, em que as pedras quentes colocadas sobre o estômago e abdômen proporcionavam uma sensação de saciedade, diminuindo a fome e energizando o organismo. Há também registros encontrados nas culturas indígenas, que utilizavam as pedras quentes em suas curas.

As pedras usadas são geralmente de basalto, um tipo de rocha rica em ferro, o que propicia a retenção de calor. Pedras de rios e riachos são normalmente usadas porque são lisas devido a ação das correntes de água.

Para o tratamento as pedras são preparadas e colocadas em um aquecedor próprio até que atinjam a temperatura correta e depois são dispostas em pontos específicos do corpo, relaxando os músculos, melhorando a circulação e acalmando o sistema nervoso central. O calor permite ao profissional trabalhar a musculatura de forma mais suave, sem colocar muita pressão nos movimentos. Por esta razão a Massagem com Pedras Quentes é indicada para pessoas com tensão muscular que preferem uma massagem mais leve.

Alguns massoterapeutas colocam as pedras sobre os chakras, fazendo com que a energia destes pontos seja melhor distribuída, balanceando assim a energia do corpo e da mente.

As pessoas geralmente procuram a Massagem com Pedras Quentes como complemento ao tratamento para dores nas costas, má circulação, osteoartrite e dor nas articulações, estresse, ansiedade e tensão muscular, insônia e depressão, entre outras.