Palestra:

"Feng Shui e BaZi (Astrologia Chinesa)"

Oficina de Filtro dos Sonhos

Feng Shui é um termo de origem chinesa, cuja tradução literal é vento e água. A origem da expressão "Feng Shui" está no Zang Shu ("O Livro dos Enterros") escrito pelo Mestre Guo Pu (276-324 d.C).

O Feng Shui é uma corrente de pensamento analítico com tradição de mais de 4000 anos. Os mestres chineses que o estruturaram teriam percebido que cada área natural, terreno ou edificação seria dotada de sua própria vibração influenciada pela presença do Ch'i (chamada em chinês de qi), e estaria sujeita às várias influências do ambiente que a circunda.

Constatando que certos tipos de vibrações presentes no ambiente e em seu entorno poderiam agir de modo benéfico para o corpo e a mente, enquanto que outros tipos tenderiam a ser prejudiciais, supostamente compreenderam a importância de estudar como situar as edificações, móveis e objetos da maneira mais adequada para favorecer seus usuários, segundo esta interpretação da natureza.

Segundo as ideias pregadas pelo Feng Shui, quando as pessoas buscam este equilíbrio com as forças benéficas da natureza, podem gozar de saúde, boa sorte e prosperidade. Quando as ignoram e se alinham com influências nocivas, podem experimentar dificuldades e obstáculos que podem se expressar como doenças, má sorte ou indisposição.

 

O Bazi é uma das muitas formas de Astrologia Chinesa, sendo uma ferramenta metafísica gerada há cerca de 5 mil anos na China. O termo significa literalmente ‘8 caracteres’, pois, segundo esta abordagem, são estes 8 caracteres que ajudam a delinear a identidade e o fluxo energético de cada indivíduo.

A identidade pessoal de cada um ganha forma no momento do nascimento, quando da primeira inspiração. Esse poderoso momento de transformação cria a essência energética de cada um de nós. A qualidade das 5 transformações no primeiro ar inspirado dá o mote para o resto da vida, imprimindo em cada um de nós a vibração potencial do nosso caminho.

Ao estudarmos BaZi, aprendemos mais sobre nós mesmos, ganhando conhecimento da nossa essência energética e de como esta interage com o exterior. Aumentamos também a nossa consciência sobre os ciclos energéticos pessoais, os quais tanto podem potenciar como condicionar o momento presente.

Por outro lado, o BaZi dá também uma visão abrangente da vivência familiar ou profissional, não condicionando processos de decisão, mas ajudando na direção a tomar. Um mapa de Bazi é um processo de profundo conhecimento pessoal. É um ferramenta inestimável na jornada do autoconhecimento.